Lavar as mãosÉ muito importante orientarmos nossas crianças sobre a importância de lavar as mãos. Agindo assim, evitamos a propagação de agentes patológicos que ocasionam várias doenças.

A boa lavagem das mãos é a primeira linha de defesa contra a propagação de várias doenças, desde a mais simples, como o resfriado, a doenças mais graves, como Influenza, Meningite, Hepatite A, Bronquiolite e os mais variados tipos de diarreia infecciosa.

Os estudos mostram que, se o hábito de lavar as mãos das crianças de até cinco anos fosse seguido à risca, cerca de seis mil mortes poderiam ser evitadas por ano no Brasil, 23% delas causadas por diarreia.

Lavar as mãosEmbora as crianças nem sempre nos ouçam quando dizemos para que lavem as mãos, seja antes das refeições, ou antes e após irem ao banheiro, ou ao chegarem da rua, é importante que sejamos persistentes, pois a lavagem das mãos é a melhor maneira de evitar que os germes se espalhem e que as nossas crianças fiquem doentes.

É também responsabilidade das escolas, proporcionarem aos alunos aulas sobre higiene num contexto geral, com foco específico na higienização das mãos, já que a escola é a segunda casa das nossas crianças, e os educadores são pessoas de referência em suas vidas.

Devemos orientá-las a sempre lavar as mãos com água e sabão. Os lavatórios devem ser adequados ao desenvolvimento físico das crianças para que tenham independência, e sintam-se seguras. Dessa forma elas, reconhecem a importância de lavar as mãos como parte integrante do desenvolvimento físico.

Mãe: Zilma Aparecida de Paulo Furtado
Pai: Raimundo Nonato Bastos Furtado
Aluno: Matheus Henrique de Paulo Furtado
Série: 1º Ano do Ensino Fundamental
Professora: Rafaela Sedassari Pontes Prata